cataratas-do-iguacu-porto-canoas-restaurante-buffet

Restaurante Porto Canoas

Almoce num ambiente singular dentro do Parque Nacional do Iguaçu, com vista para as Cataratas

Antes ou depois do passeio pelas trilhas das Cataratas do Iguaçu, almoçar no Parque Nacional do Iguaçu curtindo a visão mais saborosa do Rio Iguaçu é com certeza um ótimo pedido.

O Porto Canoas possui opções sofisticadas para seu evento. São elas: coquetel no mirante superior do Espaço Naipi, a poucos metros das quedas d’água; coquetel no deque com vista para Rio Iguaçu e formação da Garganta do Diabo; e jantar ou coquetel no Restaurante Porto Canoas.

O atrativo fica às margens do Rio Iguaçu, num deque debruçado bem pertinho da Garganta do Diabo, a mais imponente das quedas que formam as Cataratas do Iguaçu. Oferece pratos da cozinha típica brasileira e ambiente acolhedor, com arquitetura integrada ao local.

O cardápio de dar água na boca conta com 17 tipos de salada, 10 pratos quentes, 3 tipos de carnes e várias sobremesas de encher os olhos e agradar os paladares mais exigentes. Entre as delícias está o Dourado Assado, o prato considerado mais característico da região. Aos sábados, além do cardápio cativo, serve-se a típica feijoada brasileira.

RESTAURANTE PORTO CANOAS

Atendimento: todos os dias das 12h às 16h
Capacidade: 320 interno e 150 externo
Localização: BR 469, km 30 – Parque Nacional do Iguaçu – Foz do Iguaçu – Paraná
Fone: 55 (45) 3521 4443
E-mail: reservas@catarataspni.com.br

Não efetuamos reservas para feriados, agradecemos pela compreensão!

DFSPI-Fachada-Noche-1024x682

Compras no Duty Free Shop de Puerto Iguazu | Argentina

Para quem está na região de Foz do Iguaçu, a visita ao Duty Free Shop de Puerto Iguazu é uma ótima opção! O lugar foi eleito duas vezes o melhor do MUNDO! Para quem ainda não sabe, Duty Free é uma loja de produtos importados porém mais baratos do que nas lojas brasileiras, pois não há impostos de importação.

São perfumes (Dior, Lacoste, Calvin Klein…) chocolates suíços (Lindt), brinquedos, eletrônicos (Apple…), óculos, relógios, bebidas… e tudo das melhores marcas! E o mais importante: o preço baixo (são basicamente os mesmos praticados nos free shops de aeroportos, inclusive dos brasileiros).

Particularmente, eu gostei muito do lugar porque ele é organizado em sessões – perfumaria, eletrônicos, chocolates, brinquedos, etc, em um formato oval. No centro, há um bar irlandês com mesas para passar o tempo. Enfim, um lugar completo! Tem até uma loja Nike! Ah, e cada sessão tem um tema: a sessão de maquiagens e perfumarias é decorada com motivos de Paris, já a sessão de eletrônicos é chamada Shangai.

Nem preciso dizer que a sessão que mais gostei foi a de maquiagens 🙂 Encontrei batons lindos da YSL! E sabe o que mais?! Podemos testar os produtos em um super quiosque 😉

Nem preciso dizer que adorei! Além das comprinhas básicas – um batom #26 Frozen Mocha, da YSL ($50) – o lugar é muito gostoso, passei boas horas 🙂

Mas lembre-se, a cota para compras é de US$ 300,00 via terreste e US$ 500,00 via aérea . Fique esperto!

Algumas dicas para você não ter problemas na fronteira:

– As cotas podem ser utilizadas 1 vez a cada 30 dias, sendo pessoal e intransferível, isto é, se estiver viajando com mais de 1 pessoa, vocês não poderão somar as cotas para trazer mais produtos;

– Bebidas: pode-se trazer até 12 (doze) unidades de destilados ou fermentados por pessoa sem pagar impostos;

– Produtos que tenham valor superior à cota, será necessário providenciar o pagamento do imposto que é de 50% sobre o valor que exceder o limite de isenção ($ 300);

– Após as compras e ao retornar ao Brasil, deve-se preencher na aduana o formulário de Declaração de Bagagem Acompanhada, que também está disponível no site da Receita Federal, mesmo que as mercadorias não ultrapassem os US$ 300,00. Para quem retorna por via aérea, este formulário é entregue aos passageiros durante o vôo para o devido preenchimento.

UPDATE! Para entrar: Passaporte e Carteira de identidade!

Boas compras! 🙂

Duty Free Shop de Puerto Iguazu

http://www.dutyfreeshoppuertoiguazu.com

bandeira

Os documentos necessários para viajar para a Argentina como turista

DOCUMENTOS DE VIAGEM

Para visitar a Argentina deve ter um documento de viagem válido e em boas condições. Este documento deve ser guardado com segurança para evitar possíveis contratempos.
Os documentos de viagem relevantes que permitam aos cidadãos brasileiros a participar Argentina como turistas:

– Passaporte ou

– CÉDULA DE IDENTIDADE CIVIL emitido pela identificação dos Institutos de Polícia Civil dos estados.

Cartões de identificação brasileiros não têm data de expiração. No entanto, é essencial que eles estão em boas condições e da foto permite claramente a identificação do titular.

Eles não são aceitos como documento de viagem:

– Certidão de nascimento (mesmo para crianças ou menores)

– Qualquer outro documento, mesmo aqueles que podem ser aceites como um documento de identidade no Brasil (por exemplo, carteira de motorista, cartão de identificação de associações profissionais, ministérios, incluindo o militar, ou emitidos pelo Executivo, Judiciário legislativa ou o da União e os Estados que não seja a identificação de corpos de estados policiais civis.

Entrada e permanência de TURISTA BRASILEIRO NA ARGENTINA

Os brasileiros estão isentos de visto para entrar na Argentina como turistas. No entanto, para entrar no país, um funcionário do Serviço de Imigração conceder uma estadia legal termo a ser respeitados, sob pena de multa de carregamento no momento da saída do país.

Recomendamos que, ao entrar os turistas brasileiros certifique-se de apor carimbo de entrada no passaporte, ou se log na Argentina usando o RG, o recebimento do formulário correspondente completado e carimbado pelo serviço de imigração. O carimbo no seu passaporte ou formulário deve ser apresentado ao sair do país, sob pena de cobrança de penalidade.

O termo do prazo de estada na Argentina para o Brasil ou quaisquer outros turistas de nacionalidade é determinado unicamente pelas autoridades de imigração da Argentina e não pode Consulado intervir na questão.

Se você precisar de uma extensão do seu período de permanência, você deve solicitá-lo (sempre antes do prazo que foi inicialmente concedida) aos “Dirección Nacional de Migrações”.

Para os endereços das Delegacias “Direção Nacional de Migrações” verifique a página web da instituição, cujo endereço é: http://www.migraciones.gov.ar/

Fonte:

http://www.conbrasil.org.ar/CONSBRASIL/info_tur_brasileiro.asp#1